sexta-feira, 17 de janeiro de 2014

Amigas do blog: Luiza - Redução de estômago + abdominoplastia + prótese de silicone

Gente,

vocês não sabem como eu fico feliz de ver vocês participando e acreditando na seriedade do blog!
E o principal, dividindo a história de vocês por saberem quão importante foi ter um "lugar" pra poder ler e encontrar informações que nem sempre são ditas por todos.

E assim, mais uma amiga do blog será apresentada agora: a Luiza!

A Luiza escreve muitooo bem e é bem detalhista. Ela me mandou um email e eu vou transcrevê-lo aqui para que vocês entendam melhor a história dela... vai ser um post bem longo mas muito bem detalhado e acho que vocês vão se identificar com o que ela passou.

Vou dividir em 2 posts pra poder ficar mais facil de vocês entenderem e acompanharem.

1ª parte: Quem é a Luiza e como começou o desejo de fazer cirurgias plásticas


"Tenho 31 anos, 1.71m e 78kg. Nunca tive filhos. 
Há 8 anos atrás fiz cirurgia de redução do estômago e perdi 45kg (Operei com 116kg e cheguei a 71kg). 
Após 1 ano e meio fiz abdominoplastia e coloquei prótese de silicone (mama). Fiquei com o corpo ótimo."





 A legenda não ficou muito legível, então vou explicar melhor:
1ª foto: foi antes dela fazer a redução de estômago e pesava 116 kg
2ª foto: 16 meses após a cirurgia de redução do estômago e pesava 76 kg (-40kg)
3ª foto: na mesma época de corpo inteiro
4ª foto: como ficaram seus seios devido o emagrecimento da redução de estômago. 


Assim, a Luiza resolveu fazer uma Abdominoplastia para que fossem removidos os excessos de pele, principalmente na região abdominal, devida ao emagrecimento rápido da cirurgia de redução de estomago. E aproveitou para colocar uma prótese de silicone para que aquele aspecto de seios caídos e vazios acabasse. 





E como quase todas as mulheres reclamam, com ela não foi diferente. Ela também sentiu que seu corpo foi engordando com o tempo. E com isso, a falta de atividade física foi nitidamente notada. E ela relata abaixo o que sentiu, como que foi engordando e como que foi a sua trajetória até chegar a conclusão de ser operada novamente e a escolha de um outro médico. É muito importante vocês perceberem abaixo, como a diferença de tratamento em uma consulta deve ser um sinal da conduta de um médico e como que o perfil do tratamento do profissional é determinante na escolha. (Claro que não significa que se ele for bom de papo ele será um bom cirurgião, mas com o tipo de tratamento recebido dentro de um consultório faz toda a diferença na sua escolha.


"Sempre fui muito sedentária e confesso que todas essas mudanças "pseudo-milagrosas" me deixaram vislumbrada e mesmo com várias orientações para que eu praticasse atividade física, eu sempre fugi delas. Esse é hoje o meu maior arrependimento. Por que? Cheguei a engordar 10 kilos e todo esse peso foi parar no meu quadril e coxas. Resultado? Uma pele flácida, cheia de celulite. A parte de cima continuou OK - minha barriga com a abdominoplastia continuou meio reta, embora tenha ganhado aquelas "cartucheiras" (banha lateral) e uma camada bem gorda nas costas bem em  cima do bumbum - vamos chamar essas áreas de flancos...rs. O pior mesmo foi a parte de baixo. Meus culotes viraram 2 bolas nojentas de gordura e a parte interna da coxa, que nunca ficou magra mas pelo menos era "disfarçável" ficou terrível porque a gordura desceu para o joelho.

Sempre tive vontade de fazer a dermolipectomia de coxas (aquela cirurgia que retira a pele da parte interna das coxas) porque logo após perder todo peso, realmente fiquei com muita sobra de pele nesta região. Se durante o processo de emagrecimento eu tivesse feito academia, possivelmente eu teria conseguido amenizar ou até mesmo anular essa aparência, mas como não fiz...tarde demais! #MAIORARREPENDIMENTO"




(não consigo aumentar essas fotos. Estou usando como a Luiza me mandou. E a resolução está baixa. Mas essa é a evolução dela desde que ela fez a abdominoplastia e colocou silicone até ela decidir que iria fazer outra lipo).



"O cirurgião plástico na época me disse com essas palavras: "-Você quer fazer essa plástica para usar shorts? Você vai continuar sem usar shorts! A cicatriz é muito grande. Pense melhor, você é muito nova e pode se arrepender" (a cicatriz vai da virilha até os joelhos - na posição da costura interna de uma calça jeans, sabe?). Eu optei por pensar melhor. Pensei. Durante esses anos todos. Tive que administrar meu complexo por não poder usar shorts (porque ele divide a pele no meio e evidencia ainda mais o "defeito"), em compensação vestidos sempre cairam bem. Porque a parte interna da coxa fica lá escondida.

Depois de engordar esses 10kg que contei acima, foi que resolvi procurar novamente um cirurgião plástico. Minha intenção era finalmente fazer dermo de coxas (estava decidida dessa vez!) e a lipo (para a parte dos flancos e joelhos):

-Primeiro médico: 30 min de consulta. ”Vamos fazer a dermo e a lipo. Podemos deixar sua cicatriz da dermo até metade da coxa somente, que é onde você tem a maior concentração de pele. Da metade para baixo só lipamos.” Me pareceu ok essa idéia. Faz todo sentido, não é mesmo? De qualquer forma, preferi ouvir uma segunda opinião.

 
-Segundo médico: 20 minutos de consulta. “Podemos fazer a dermo, que levará muitas horas – provavelmente umas 6 horas de centro cirúrgico – e então uma pequena lipo na região do abdomem, nas partes mais criticas. A sua dermo terá sim cicatriz até os joelhos, porque se deixarmos a cicatriz até a metade, a parte de cima ficara bem firme e esticada e a parte de baixo formará uma bolsa, uma pelanca.” Hmmmm...e agora? Quem será que está certo? Bom, vamos ouvir uma terceira opinião então.


-Terceiro médico: 15 minutos de consulta. ”Vamos fazer tudo!!! A dermo, a lipo e inclusive trocar seu silicone por uma prótese maior se quiser. Vai ficar maravilhoso!!!” Por mim eu nem ouviria os preços dessa pessoa.  Queria sair de lá correndo. Me senti conversando com um açougueiro. Terceira opinião nula. Vamos atrás de uma quarta então, né?


-Quarto médico: 2h30 de consulta (Isso mesmo! A secretária tinha dito que a consulta era longa, mas tomando como base as experiências acima, eu não acreditei...rs). Passei aproximadamente 1h falando sobre toda minha vida, meu histórico de saúde desde que nasci, histórico de perda de peso, cirurgias anteriores e quais eram minhas expectativas e tudo o que me incomodava no meu corpo. Ele só escutava e fazia anotações, sem falar nada. Assim que terminei ele falou por alguns minutos sobre as cirurgias que eu queria fazer (dermo e lipo) – sobre o que eram, para que existem, como acontecem, prós e contras gerais. Logo em seguida disse que precisava me ver para poder dar um parecer em cima da minha realidade, agora que eu já sabia o que significa cada uma dessas técnicas. Tirei toda a roupa e ele me examinou por inteiro. Apertava, apalpava, esticava, puxava. Pediu para eu ficar de frente, de costas, de lado, sentada. Fez algumas marcações com um lápis branco (tipo delineador) e foi explicando o que seria possível fazer , onde seriam as cicatrizes, etc. Vesti a roupa e voltamos para a sala de consulta. Mais uma explicação detalhada, agora de como seria a MINHA lipo e a MINHA dermo, o que eu poderia esperar, os riscos, pré operatório, pós operatório. Tudo com detalhes, muitos! Vou tentar resumir o que ele me propôs: “Dá para lipar bem as costas e culote, e não focaremos tanto na frente da barriga já que não te incomoda, e temos um limite de gordura para tirarmos. Uma parte da gordura aspirada iremos inxertar no bumbum, arrumando todas essas depressões. Vamos tirar toda a gordura acumulada no joelho com a lipo, mas o restante da perna, não posso lipar, pois é excesso de pele. Se eu lipar, vai ficar ainda mais flácido. Então arrumamos isso com a dermo  se você realmente quiser e tentaremos fazer a cicatriz da forma mais discreta possível, mas ela é realmente grande e possivelmente ficará um pouco acima do joelho.”  

Perfect! Queria operar no dia seguinte.  Nunca senti tanta confiança em um médico. Extremamente atencioso. Fantástico. Ele me deu as guias para os exames – muitos exames que eu nunca nem ouvi falar (enquanto todos os outros pedia um simples  hemograma, coagulograma, raio-x e eletro). Chegou a hora de conversarmos sobre valores. A essa altura eu já estava imaginando que, com toda essa consultoria, o preço dele deve ser 10x maior que de todos os outros. Surpresa! Os preços estavam ótimos, mais baixo que 2 outros médicos que havia passado, mas dentro da média praticada no mercado. Ele me ofereceu 5 opções de hospital e honorários da equipe. Explicou a diferença entre os hospitais – e não hesitou em dizer que era basicamente LUXO, pois todos eram hospitais bons, de qualidade e que ofereciam uma ótima estrutura. 


Cheguei a uma conclusão: Ele é um profissional jovem, deve ser formado há no máximo 5 anos e com certeza não possui uma experiência vasta (prática). Provavelmente ele não faça 10 cirurgias por dia. Talvez uma por semana. Ele não deve ter muitas pacientes. Se não fosse por isso, com certeza não conseguiria passar 2h30 em cada consulta e ainda operar todas elas. OK, mas ele demonstrou um conhecimento e uma segurança que os experientes não conseguiram. Uma coisa é você conversar com alguém sem experiência e inseguro. Não era o caso. Em todo tempo ele demonstrou muita tranquilidade e segurança no que dizia. Além disso, ele deve ter o conhecimento de técnicas modernas, que os cirurgiões antigos não possuem. Ele está formando o “portfolio” dele agora e fiquei na dúvida se era eu ou ele que tinha mais interesse em que a cirurgia fosse um sucesso e que o resultado seja fantástico...rs...a briga é boa! Pedi direção de Deus, para que fosse feita a vontade Dele. Me  senti em paz. Também pedi opinião do meu pai, e ele concordou com a conclusão acima. Então vamos em frente!!! Obaaaa!!! Encontrei meu médico.


Fui fazer os exames e retornei em consulta. Minha anemia estava brava. Ele foi bem objetivo: “Nessas condições, eu não posso te operar. Vou te encaminhar para um hematologista e somente depois de tratar dessa anemia com um profissional especialista e ele te liberar, podemos programar sua cirurgia.” Depois me explicou quais os riscos e consequências em fazer um procedimento com a anemia, tudo com bastante detalhe. Óbvio que não era o que eu queria escutar e levei um balde de água fria, até porque, isso era Outubro e minha intenção era operar nas minhas férias coletivas, menos de 2 meses depois. Por outro lado, percebi que havia feito a escolha certa quanto ao médico. Durante algum tempo, eu pensava que bom mesmo era encontrar um “carniceiro” disposto a qualquer coisa para fazer a minha vontade, mas na hora do “vamos ver”, agradeci a Deus por estar ali e tê-lo colocado em minha vida.


Consegui consulta com hematologista do convênio somente para 2 semanas depois. Ele olhou meus exames, disse que realmente não me indicaria uma cirurgia tão grande com os exames daquele jeito, mas que não poderia me impedir, apenas orientar e que a decisão seria minha e do meu cirurgião plástico. Ele ainda brincou: “Se fosse alguém da minha família, eu não deixaria”.

Para contextualizar minha anemia: sempre tive pois não como carne de nenhum tipo – vermelha, branca, amarela, azul (desde criança, nunca gostei), sempre tive que compensar isso com outros tipos de alimentos. O problema é que depois da redução do estomago a anemia piorou agressivamente pois mesmo que eu coma 600 kg de couve, feijão, beterraba, em uma pessoa operada, o alimento não passa pela enzima que retira os nutrientes dos alimentos, ou seja, a absorção do ferro, proteínas e vitaminas é mínima. Vira e mexe tenho que tomar medicação na veia. 


Dessa vez, os índices mais críticos eram:

Hemoglobina – 9
Ferro – 42
Ferritina – 7
Vitamina B12 – 150 


Já estive muito pior do que isso mas não prestes a fazer uma cirurgia. O hematologista me receitou 4 aplicações de Noripurum endovenoso – tive que ir 1x por semana, durante 4 semanas tomar a medicação na veia junto com soro – no hospital. Além disso, 2 injeções de Cetoneurim (Vitamina B12) – uma a cada 15 dias. Depois disso repeti os exames. Ferritina, ferro e vitamina B12 ficaram excelentes. Hemoglobina, que o mínimo é 12, chegou a 11,5.


Retornei no cirurgião plástico, ele ficou muito satisfeito com o resultado, mas disse que ainda era arriscado fazer 2 cirurgias juntas. 


Paralelamente a isso, estava seguindo (no Instagram) algumas pessoas que também perderam bastante peso através de reeducação alimentar e/ou cirurgia de redução de estômago e que praticam loucamente atividade física. Percebi que nenhuma delas havia feito dermo de coxa, e com atividade física conseguiram ficar com as pernas lindas. Será que eu não consigo? Porque na verdade, eu falo que só sai na faca mas e nunca tentei malhar pesado pra ver o que  acontece.

Pedi ajuda do médico para decidir o que fazer, considerando os casos do Insta e minha realidade. Ele disse que os casos que relatei provavelmente são pessoas que fizeram academia durante o processo de emagrecimento, e realmente as chances de se obter um resultado satisfatório sem cirurgia é muuuuuuuito maior. E foi sincero ao dizer que no meu caso, é um pouco tarde, mas com certeza a atividade física dará uma boa ajudada (além de fazer bem de qualquer forma!) e que poderíamos ver como fica o resultado da atividade física + lipo. Se ainda assim eu não ficar satisfeita, voltamos a falar sobre a dermo no futuro.

Optei pela lipo, que já estava marcada para uma semana depois – 18/12/2013."

Segue um novo post da lipo!

17 comentários:

  1. Ola.. Luisa, sei que muitas pessoas devem estar te enchendo, perguntando quem foi esse médico perfeito. E eu não vou fazer diferente, rsrs.. Me passa o nome dele e a clinica por favor!!!!!! Segue meu email ju_5ena@hotmail.com. Estou decidida pela lipo, mas á procura do médico ideal. Se puder me ajudar ficaria muito feliz. Obrigada!!!!

    ResponderExcluir
  2. Luisa :))) me ajuda! passa pra mim tbm porfavor! é deborah.soares@ymail.com

    ResponderExcluir
  3. Olá! Me envia tbm o nome e telefone do médico?! karlaluque@ovi.com
    Parabéns pelo blog amei. Não tenho blog , tbm vou fazer essa cirurgia e gostaria de compartilhar com vcs!
    Atualmente estou me recuperando de uma cirurgia nas pernas, varizes :(
    Q Deus nos abençoe :)
    Bjinhus karla

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ola querida! desculpa a demora!
      estou enviando agora para seu email!! beijos!!
      e me conta como que foi de cirurgia!!
      fique com Deus tambem!
      beijos

      Excluir
  4. Ahhh também quero o ctt desse médico maravilhoso carolartesvisuais@gmail.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ola carol!! ja vou te enviar agora!!! beijos!!

      Excluir
  5. boa tarde poderia me passar o nome do medico e numero telefone.mari.vando@yahoo.com.br

    ResponderExcluir
  6. Oi por favor me passe o contato desse medico da luiza obrigada meu email lojavirtual2003@hotmail.com bjs

    ResponderExcluir
  7. Email: lojavirtual2003@hotmail.com

    ResponderExcluir
  8. Olá sou mais uma entre tantas mulheres que passou pela 2°gestação e nunca mais foi a mesma... Estou decidida em fazer abdmiplastia, lipar umas gordurinhas e até colocar um silicone. Já pesquisei e estou confiante em um médico muito conceituado da minha região, porém só conheço de ouvir falar dele. Me preparei financeiramente, e acredito que no ano que vem em 2016 estarei passando por esse médico e seguindo para futura cirurgia, se tudo correr nos conformes... Me diga cara colega...quais os primeiros passos para a cirurgia? quais as precauções que devo tomar? Alguma vitamina ou remédio antes da cirurgia? Vc pode me ajudar nessas questões. Atenciosamente e desde já grata e satisfeita pelo seu blogspot...Gisele Trindade. Americana SP. gitrindadeeventos@gmail.com.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola querida!!!
      olha, nao ha pessoa melhor pra indicar tudo isso a voce do que seu medico. por que ele estará com seus exames em maos e falará se precisa de algum suplemento sou vitamina extra..assim como eu precisei tomar injecoes de vtamina K.
      acho que alem disso, eu recomendo vc estar fazendo atividade fisica. por que eu nao fazia. e isso fez muita falta na minha recuperacao. e perdi o resultado das minhas pernas por nao fazer.
      hoje me arrependo amargamente.
      mas tudo e aprendizado.
      comece a fazer academia! pe a melhor dica que te dou!
      e use a cinta e a tala por muitooooo mais tempo alem dos 3 meses!
      boa sorte!beijos

      Excluir
  9. Também quero o CTT. Obrigada delphino30@hotmail.com

    ResponderExcluir
  10. Também quero o CTT. Obrigada delphino30@hotmail.com

    ResponderExcluir
  11. Também quero o CTT. Obrigada delphino30@hotmail.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ola!

      recomendo o que fez minha lipo:
      Nucleo de Cirurgia Plástica do Belvedere
      Rua professor Critóvam dos Santos, 91, Belvedere, Belo Horizonte - MG
      (31) 3286-8025

      Médico: Dr. Yuri Araújo

      Excluir