sexta-feira, 6 de dezembro de 2013

Martelando: Como escolher o médico? Pelo preço? Pela aparência da clínica?

Como podemos saber como que vai ficar?
Infelizmente não tem jeito!

Tudo que nós mais queríamos é saber como vamos ficar após a cirurgia para podermos decidir. Mas não tem como prever e nem como adivinhar o resultado afffff.
A verdade mais verdadeira (rsrs) de todas é que uma plástica é quase que um jogo. Não temos como saber se vamos sair perdendo ou ganhando.

Porém, com algumas questões bem pensadas, analisadas e resolvidas antes da cirurgia, conseguimos entrar em campo bem mais preparadas para a vitória do que para derrota. Muitas decisões cabe a você tomar antes da cirurgia. E são essas questões que podem ser quase que decisivas!
Quer saber algumas?

01- ESCOLHA DO MÉDICO

Temos que ter em mente que isso quer dizer muita coisa. Os médicos, embora aprendem de uma certa maneira "padronizada" sobre cirurgia plástica, vão detendo de seus próprios métodos de como fazer a cirurgia. Eles não vão gostar de assumir mas essa é uma verdade. Porém, isso acontece com todos nós em qualquer atividade rotineira que fazemos.
Quer um exemplo? O jeito de fazer arroz. Aposto que sua mãe te ensinou de um jeito e com o tempo você adaptou pelo o jeito que você julga que fica melhor. Mas no final das contas, continua sendo arroz. Entendeu? Esses "jeitinhos" de fazer que fazem com que uma mesma pessoa possa ter resultados diferentes se fossem operadas por médicos diferentes.
Isso é bom ou ruim?
Bom, pode ser bom e ruim, depende do ponto de vista! Por que ao mesmo tempo que pode ser bom por um médico ter um jeito de fazer com resultados melhores, pode ser ruim por que não somos médicas e não sabemos até que ponto tal ação de um médico é bom ou ruim pra gente. Ou se esse "jeito" melhor pode ou não ser mais arriscado para nossa saúde. Por isso precisamos buscar médicos responsáveis, estudados e principalmente, conscientes dos seus atos.

E aí? Como escolher qual método é melhor? O que fez um corte tipo "x" na fulana ou que fez um corte tipo "Y" na beltrana?  Qual tipo de médico é melhor?
Eu também não sei! Mas se eu tivesse ainda com esse tipo de dúvida eu iria, 



02 - CONDUTA DURANTE A CONSULTA 

Acho muito importante você avaliar em cada consulta o que o médico te propõe, como ele age com você, como é o tipo de conversa dele, como ele fala, se ele "transmite" respeito e cuidado.

(Eu já fui numa consulta em que o médico simplesmente acendeu um cigarro enquanto conversava comigo! Olha que absurdo... e eu já fui em médico que depois que eu saí da consulta (era neurologista) ele pegou meu telefone na ficha e dias depois me coagiu ligando pro meu celular e falando que ele estava na porta da minha casa e ele estava mesmo!).

Ou seja, caráter não está escrito na cara de ninguém. Mas algumas atitudes já te fazem descartar aquele profissional.  
E claro que nao sabemos medicina, mas conseguimos saber se o medico fala com postura, com certeza daquilo que esta falando, que mostra sabedoria e que nao fica com aquele aspecto de medo.





Um profissional seguro do que sabe faz toda a diferença.



03 - PROMESSAS DE RESULTADOS 

Sabe, muitas vezes eu repeti aqui no blog que, se um médico falar que você vai ficar perfeita, que irá fazer tudo aquilo que você sonhou e vai te deixar exatamente do jeito que você quer, corra dele!!
Por que nós chegamos no médico querendo milagres e que toda nossa gordurinha seja retirada. Sempre queremos muito mais do que o nível de segurança aconselha para a retirada de gordura. Aí, se você é uma de nós, que queremos milagres, e seu médico concordar, ele será tão insano quanto você..opsss... nós kkkkk

Um médico deve passar confiança acima de tudo!
E ele deve te passar limites. Deve falar o que ele pode ou não fazer (mesmo que isso te faça sair correndo de raiva do consultório). E ele deve inclusive te explicar o por que não pode fazer algo que você deseja. Explicando se é por que suas condições físicas não permitem, se é por que você esta vendo gordura onde não existe, se é por que provavelmente não poderá ficar bom ou se é por que o que você pede está fora de cogitação e que vocês está esperando um resultado muito fantasioso e etc.


04 - CONHECER OUTRAS PACIENTES

Acho muito válido quando o médico é indicado por outra pessoa. Por que você consegue identificar muitas coisas: o que ele tem ou fez de bom, o que ele tem ou fez de mau, o que poderia melhorar, o que poderia ser diferente e etc. Por que todo mundo tem alguma opinião (boa e ruim) e com isso você pode ir pesando e avaliando o que que pra você é mais importante.

Mas tome muito cuidado pra você não avaliar o resultado de uma pessoa tirando isso como base a qualidade do médico.
Por que as pessoas são diferentes. E uma lipo na sua amiga pode não ter ficado tão bom como ela queria. Mas talvez ela não tenha te contado que não usou a cinta, que não fez as drenagens, que não seguiu uma vida com atividades físicas, que comeu e bebeu dobrado depois da lipo e etc...
Assim, seu resultado pode ser totalmente diferente do dela, caso você venha fazer tudo certinho.
Isso eu nem citei sobre as diferenças do corpo de cada uma!!! O que é o mais importante!
Nem sempre o que ficou bom em alguém vai ficar bom em mim. Tem muitas variantes nesse caso. Devemos levar em consideração o tipo de pele, se tem flacidez, a cicatrização, a técnica usada por cada médico e por aí vai... por isso, nunca se comparem com outras pessoas.. nunca! 



05 - CARACTERÍSTICAS DO LOCAL A SER FEITO A CIRURGIA

Acho que todo mundo fica com aquela preocupação e decisão se deve ser feito a cirurgia em clínica e em hospital. Pois bem, é uma decisão muito pessoal que deve ser pensada, analisada e deve tentar ser conhecida pelo paciente.
Por que assim, é claro que operar em hospital nos traz mais segurança. Isso por que nos hospitais há mais profissionais presentes para o caso de uma possível emergência, mais infraestrutura e UTI e mais recursos. Porém, sabemos que no Brasil, isso nem sempre quer dizer muita coisa. Estarmos em um hospital não é garantia de que vá ter outros médicos qualificados e nem que sua estrutura esteja disponível para uma emergência, visto que há várias pessoas aguardando vaga para tratamento intensivo. E nem que a higiene seja realmente adequada, mesmo que a Vigilância Sanitária cobre por uma limpeza e esterilização impecável.

Eu mesma já estive presente em um hospital  aqui perto de casa que é de uma grande rede de Convênios, particular e de médio porte. E que nele, não conseguíamos entrar nos banheiros de tanta sujeira e mal cheiro (e nem era de madrugada, ou seja, deveria ter muitas pessoas dos serviços gerais e limpeza para que pudessem realizar a limpeza, que há horas não era feita). Os banheiros estavam tão sujos de coisas que deveriam ter sido limpas na hora como vômitos, fezes e etc... Era um absurdo! O mal cheiro empesteava o corredor inteiro!

Você não ia querer ser operada em um lugar tipo esse, ia? (imagem extraída da internet)


E devemos levar em consideração também que, se a clínica tiver uma política responsável, lá não se opera doentes. Se você estiver gripada, por exemplo, o médico não poderia te operar. Ou seja, o risco de uma contaminação é menor. Não deveria ter casos de doenças contagiosas, de casos clínicos graves ou de cirurgias de emergência. Normalmente, em clínicas de cirurgias estéticas, somente procedimentos menores e com pacientes sadios são realizados. 

Assim, leve em consideração tudo o que está envolvido na cirurgia.
Como por exemplo, se haverá a presença em tempo integral de um anestesista, o porte da sua cirurgia, as condições da clínica ou hospital, se eles têm alvará de funcionamento e registro, se possível peça para conhecer as dependências de onde será feita a cirurgia. Analise a limpeza dos ambientes. Desde a entrada, recepção, banheiros e a sala de consulta do médico. Se nesses ambientes tiver sujeira acumulada, sei não... sinal de que limpeza não e o forte do local.

Outra coisa a ser avaliada são as condições do lugar como estrutura. Se for um lugar mal cuidado, velho, teias de aranha, simples demais (luxo não quer dizer muita coisa, mas um lugar muito simples, com uma aparência destoante a de um hospital ou uma clinica, pra ter uma boa estrutura medica e de aparelhos será um pouco difícil, concorda?), um local afastado, ermo, com um aspecto meio sombrio (aqueles que a gente vê na televisão onde funcionam algumas clinicas clandestinas que mais parecem uma casa mal assombrada), desconfie!
Ser o mais luxuoso não necessariamente será o mais competente. Mas também ser um lugar "estranho" não quer dizer muito boa coisa. rsrs

Mas resumindo... eu não posso dar uma sugestão concreta do que e melhor ou pior. Cada caso é um caso.

Aqui na cidade ao lado, o hospital regional da cidade é muito bem equipado, grande, ótimos médicos... mas o hospital estava com uma bactéria (que não sei o nome) que estava matando todo mundo. Vários recém nascidos e pacientes que passaram por cirurgia morreram em um período curto de dias. Todos infectados. Até descobrirem a causa e o hospital ser totalmente esvaziado, pacientes transferidos e ter sido feito todo um trabalho onde essa bactéria pudesse ser "removida" e o hospital pudesse ser reaberto novamente, morreram muitas pessoas que nem imaginavam que pudessem morrer por isso. Teve um caso de uma mulher que chegou com um corte pra ser suturado e pegou essa bactéria e morreu no outro dia... entende?
Em outros casos, vemos clinicas que parecem, mas não tem nenhum tipo de preparo adequado e suficiente para realizar cirurgias com segurança. E se o paciente necessitar de um atendimento que requer maior cuidado, a clinica não tem como providenciar. E o paciente morre por falta de atendimento adequado.
Eu sei que posso estar assustando vocês. Mas temos que ser realistas com tudo. 

Então, queridos e queridas... a situação é mais complicada do que parece! E quase uma aposta. Por que as coisas podem acontecer em todos os lugares. Hospital, clinica, na rua, na nossa casa, trabalho...
Basta estarmos vivos para que qualquer coisa possa nos acontecer.
Temos que ter cuidado, avaliar, pesquisar, procurar saber direitinho...mas ao mesmo tempo, sem muito neurose. Por que se for assim, não vamos fazer cirurgia nenhuma! Por que e muito risco envolvido sim.



06 - ACESSO ÁS CONSULTAS COM O MÉDICO

Sabe uma coisa que eu olho muito? Qual e a disponibilidade do medico para o atendimento!
Eu jamais escolheria um médico que estivesse na minha cidade apenas 1 vez na semana, de 15 em 15 dias ou algo parecido. Sabe por que? Imagina se você opera, e no outro dia acontece algo que não estava planejado? Um sangramento estranho, uma dor muito forte esquisita ou qualquer outra coisa? Quem é a melhor pessoa pra avaliar? Quem te operou!! Aí o medico que te operou nem está na cidade pra te atender...
Pra mim, isso e muito importante. Por que eu sou medrosa demais com essas coisas. Pra vocês terem uma ideia, mesmo que possa voltar pra casa no mesmo dia, eu não volto! Peço, pago mais, mas prefiro dormir pelo menos 1 noite no hospital ou na clinica com enfermeiros a disposição e prontos pra me ajudar.
Vocês precisam saber o que é importante pra vocês. Pra mim, isso e muito serio e eu não abro mão.

Outra coisa é no pós operatório. Gosto de saber o médico esta alí, pronto pra me atender. Médicos com agenda lotada que é quase impossível  marcar um retorno em poucos dias  ou que vão demorar pra nos dar assistência da cirurgia? Estou fora!
Uma das minhas primeiras perguntas é: depois da cirurgia, se eu precisar voltar, como que eu faço?
Se a resposta for, marca um dia com a minha secretaria, pra saber a disponibilidade e a secretaria falar que e só depois de muitos dias, eu também estou fora!

Quando escolhi o medico, gostei muito por que era assim: ele ficava a parte da manhã toda em cirurgia e a tarde era toda destinada a consultas e aos retornos. Ou seja, você poderia marcar pro mesmo dia, por que ele tinha a tarde toda destinada a isso. E mesmo que tivesse com agenda cheia, ele te atende, justamente por você estar recém operada. Em casos de retornos com mais dias de operadas, não demorava 2 dias pra conseguir marcar com ele. Ou seja, um atendimento diferenciado e que te passa toda a segurança.



07 - EQUIPE ENFERMEIRAS

Nós, leigos, não somos médico e nem enfermeiros pra avaliar se o profissional está agindo certo ou errado. Mas conseguimos ver uma coisa muito importante: sua conduta!
Uma equipe atenciosa, prestativa, pró-ativa e com aquela carinha de que estão "de bem com a vida" faz toda a diferença!


Nada pior do que ir a um lugar que a recepcionista, de má vontade, mal olha sua cara, a assistente é muito grossa e quase parece uma carrasca no jeito de dar as coordenadas até o centro cirúrgico, a enfermeira quase te depila quando vai fazer curativo e nem sequer preocupa se esta dolorido ou não e etc...
Pessoas que gostam e que estão satisfeitas com o seu trabalho fazem com que tudo pareça melhor e mais fácil. Uma equipe mais tranquila é melhor ate mesmo para o seu pós operatório: o momento que você mais precisará de paciência e atenção de todas as pessoas. 



08 - VALOR DA CIRURGIA DESTOANTE DO MERCADO

Quem aqui gosta de gastar dinheiro a toa? eu detesto!
Mas quem aqui arriscaria a sua vida só pra ter um desconto? Eu não!

Preços são muito relativos!
Muitas coisas podem influenciar no valor de uma cirurgia, como:
- nome e fama do médico
- especializações (quais cursos que o profissional tem)
- experiência (o famoso know how)
- país, estado, cidade
- local onde ele atende suas consultas
- local onde ele opera
- como é a sua equipe de médicos e assistentes
- tipo de estrutura que ele te proporciona

Assim, cada profissional pode cobrar um valor.
Muitas vezes nos deparamos com profissionais recém formados que cobram um valor mais baixo por ainda não terem experiência. Estão aptos a fazerem por terem saídos da faculdade, porém, não possuem uma maior habilidade e experiência no currículo.

Quando eu tinha 18 anos, eu fiz uma otoplastia (cirurgia para correção de orelha). Naquela época a internet ainda não tinha essa quantidade de informação (isso foi há 10 anos atrás) e eu também não possuía esse interesse todo pelas plásticas. Ah e também estava com o dinheirinho contado pra fazer aquela cirurgia. Minha mãe que pagaria, por que meu pai era contra minha cirurgia por que achava que não precisava (oi? como assim não precisava? rsrs) e que eu ia passar por perigo a toa (ele nem imaginava me ver fazendo lipo anos mais tarde kkkk). Enfim... precisávamos achar um médico bom e barato. Só que naquela época, não conhecia nenhum! E muito menos conhecia alguém que já tivesse feito essa cirurgia. Aí, fomos pela sorte e por qual médico atendia pelo plano de saúde sem que a gente precisasse pagar pela consulta. Já que naquela época, R$ 350,00 de consulta nos faria muita falta. Assim... fomos em uns 3 médicos. Eu nçao me lembro o valor. Mas uma médica deu um preço bem mais baixo que os outros. E é claro que fizemos com ela! kkkkk.. olha só!! Sem conhecer! (só minha mãe mesmo pra deixar rsrs).
Hoje, eu entendo o que aconteceu! Ela me cobrou um preço bem baixo mesmo. Mas por que??
Por que ela não tinha experiência e era recém formada! E só tinha feito (ou estudado) esse tipo de cirurgia na faculdade e sei lá em qual condição!  Por isso me cobrou pouco. A diferença é que fui operada em um excelente hospital e na verdade, ela chamou um médico amigo e experiente para operar junto com ela. Tanto, quando uma hora, durante a cirurgia, eu acordei! E quando abri os olhos eu não vi ela. Eu vi um homem de olhos azuis. Era esse médico amigo dela! 
Ou seja, foi uma sorte! Ela foi responsável? Sei lá... acho que foi. Mas ela poderia ter me dito que um outro médico operaria com ela. O resultado ficou ótimo (embora hoje, minha orelha esteja voltando um pouco). Mas, é bom para vocês ficarem atentas a essas coisas.

Devemos ficar atentos que nem sempre o que é mais caro quer dizer ser o melhor.
Mas também, o mais barato de todos (principalmente se for beeeem mais barato) deve ser pesquisado com muita cautela.
O que acontece é que algumas coisas podem ser "retiradas" desse orçamento para que ele fique mais barato. Mas será que vale a pena? Será que vale a pena poupar na qualidade dos médicos, enfermeiros, estrutura disponível, ausência do anestesista e outros fatores pra pagar menos?
Um local com menos condições de oferecer a você um atendimento mínimo, caso haja uma emergência, ou a ausência de um anestesista o tempo todo não vai valer a pena! E muito risco pra pouco dinheiro economizado!
Em contrapartida, o melhor hospital, o mais lindo e mais completo não quer dizer que te trará o melhor resultado. Eu vou repetir: cada caso e um caso! Não temos como prever tudo. Mas precisamos nos resguardar. 



CONCLUSÃO

Temos que ter a noção de tudo que envolve uma cirurgia para podermos analisar e mesmo prestar atenção em algumas coisas que, antes, poderiam passar desapercebidos. O conhecimento faz toda a diferença. Por isso que é importante vocês lerem esse blog, outros blogs e sites por que cada uma traz um tipo de dica que pode te ajudar na hora da decisão. Assim como aconteceu comigo e com várias pessoas, muitas vezes já passamos por cirurgias em que não sabíamos nada de nada e deu certo. Glória a Deus! Mas não é bem melhor ter conhecimento das coisas e poder decidir quando conseguimos ver que algo não está como deveria? Hoje eu me sinto muito mais segura com as coisas e com as minhas escolhas, depois que comecei a pesquisar sobre esse assunto.

Nem tudo são flores. Tudo tem seu lado bom e ruim, fácil e difícil.
Espero ter ajudado vocês. E que eu não tenha assustado, mas alertado sobre algumas questões.
Beijos

4 comentários:

  1. Nossa vc escreve muito bem, falou sobre muitas coisas verdadeiras, por isso gosto de vir aqui vc é sincera e realista, gostei bastante. Parabéns!

    bjão, Jaque

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Jaque!!!
      as vezes eu fico com medo de até assustar um pouco.
      mas eu vejo que preciso falar que as coisas tem o lado ruim sim!
      que lipo é bom, mas que tem o perigo sim.
      perigo da cirurgia, de nao ficar bom.. e de várias coisas.
      até pq, se não tivesse, eu faria 1 lipo por ano kkkkk

      beijos querida!

      Excluir
  2. Adorei o seu blog mto bom,e a primeira x que eu acesso um blog tenho muitas coisas pra contar sobre lipo,protese,abdominoplastia etc...mais agora estou sem tempo,depois envio como esta o meu corpo pk em janeiro irei fazer uma lipoescultura,e refazer a minha mama pois a minha protese saiu do lugar.por isso k eu irei fazer uma lipoescultura pois vou me submeter uma outra cirugia,depois eu irei contar um pouco da minha historia pra vcs.bjs mel

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Mel!!

      Claro que queremos ouvir suas histórias! São todas muito bem vindas!
      Tudo que pode ajudar outras pessoas é importante aqui!!

      Pode te pedir uma coisa, tire foto do antes (como as que você viu aqui) e depois compartilha com a gente sobre sua recuperação e seu resultado.
      Faça como a Ana e Aline.

      E mande pra historiasdeumalipo@gmail.com

      Beijos e boa sorte na sua cirurgia!

      Excluir